Sou privilegiado. Há anos, em função do meu trabalho, tenho a oportunidade de viajar para fora do país. Recentemente, passei, em algumas dessas viagens, a contar com a companhia da minha família. Embora, para muitos, organizar roteiros, bilhetes, reservas e hospedagens seja algo fácil, para mim não é. Sou grato por sempre poder contar com a ajuda de uma excelente profissional e amiga carinhosa, Ana Paula Gomes e sua empresa, para garantir que tudo aconteça da melhor forma.

Foi a Ana quem, há dois anos, no meio da madrugada, conseguiu hospedagem e retorno seguro da minha família para casa quando, devido a uma crise por conta de uma hérnia de disco da minha esposa, tivemos que abortar, na conexão, uma viagem para fora.

Foi a Ana quem ajudou a organizar minha viagem com a família para um compromisso nos EUA no início de março desse ano. Também, graças a ela, conseguirmos retornar, em segurança, para casa, uma semana antes do previsto, em meio a uma pandemia.

O propósito do trabalho dela, que sempre foi ajudar pessoas a realizarem o sonho de conhecer os mais belos lugares do mundo, foi redefinido. Extremamente competente e visivelmente apaixonada pelo que faz, agora, ela está ajudando, como fez conosco, a trazer as pessoas a salvo para casa. Hoje mesmo, soube que ela estava fazendo o máximo para trazer para casa, no Rio Grande do Sul, um cliente, que estava no outro lado do país. Algo fácil em dias normais, mas um desafio hérculo nesses dias.

Ana é mais uma profissional competente cujo a atividade principal foi significativamente afetada em função do COVID-19. É uma empreendedora envolvida, na linha de frente, em fazer acontecer – bem diferente da imagem negativa e injusta que alguns mantem de quem ousa cuidar do próprio negócio.

Não sei quando as pessoas vão voltar a viajar para fora, como faziam antes, seja a passeio ou a trabalho. Isso, seguramente, vai forçar minha amiga a redefinir seu negócio. Da minha parte, espero, de coração, que o novo normal se torne velho e esquecido logo. A Ana é competente demais para não poder cumprir seu propósito de maneira plena.

Deixe uma resposta